Dez.
2020

O Groupe Roullier adere ao Pacto Global das Nações Unidas

O Groupe Roullier adere ao Pacto Global das Nações Unidas

O Groupe Roullier e suas filiais se juntam oficialmente ao movimento internacional do Pacto Global das Nações Unidas. Um suporte que se inscreve na continuidade da nossa estratégia de responsabilidade e que nos permite, hoje, reforçar o nosso engajamento social em escala internacional. Com a nossa adesão ao Pacto Global, queremos perpetuar a nossa ação em favor dos seus 10 princípios ligados aos Direitos Humanos, às normas de trabalho, ao meio ambiente e à luta contra a corrupção e contribuir para o cumprimento dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030.

Para o próximo ano, portanto, nos engajamos também para colocar os ODS no centro da nossa estratégia de Responsabilidade Social Corporativa e dos nossos planos de ação, para reforçar a nossa mobilização junto às nossas partes interessadas por um mundo mais inclusivo e sustentável. A partir da análise dos nossos principais impactos e oportunidades, pudemos identificar 7 ODS prioritários para os quais contribuímos mais particularmente:

Site_Web_-_Corps_Article_ENPT.png

Sobre o Pacto Global:

Criado no ano 2000 por iniciativa do então Secretário-Geral da ONU, Kofi Annan, o Pacto Global é a mais importante iniciativa internacional de engajamento voluntário em matéria de desenvolvimento sustentável, reunindo mais de 13.000 participantes em 170 países. O Pacto Global propõe uma estrutura de engajamento simples, universal e voluntário, que se articula em torno de dez princípios, e de uma agenda destinada a erradicar a pobreza extrema juntos, a lutar contra as mudanças climáticas e a garantir uma vida digna para todos. Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável constituem uma agenda universal a ser implementada até 2030, para construir o futuro das nossas sociedades. Apoiamos também a nossa ação local, o Pacto Global da França, que foi encarregado pela ONU para acompanhar o cumprimento desta agenda e a adoção dos ODS pelo mundo econômico francês.

Compartilhar o artigo : TWEETER LINKEDIN FACEBOOK GOOGLE +