As atualidades do Groupe Roullier : Inovação

Jan.
2019

O biocontrole contra os nematoides fitoparasitas

O biocontrole contra os nematoides fitoparasitas

Escrito por Groupe Roullier / publicado em Inovação

Os nematoides fitoparasitas são vermes cilíndricos microscópicos, presentes nos solos agrícolas. Eles afetam o desenvolvimento das raízes e provocam quedas importantes de rendimento nas plantas cultivadas, tais como as batatas, beterrabas, cenouras ou cereais. Estes bioagressores reduzem a produção agrícola mundial em cerca de 11%, resultando em uma perda de colheita de vários milhões de toneladas por ano. Por motivos ambientais e sanitários, a quase totalidade das soluções de lutas mais eficazes contra estes parasitas é pouco a pouco retirada do mercado, deixando os agricultores com muito poucos recursos.

O projeto BIODERA tem como objetivo o desenvolvimento de meios de luta contra os nematoides fitoparasitas. Ele propõe uma abordagem inovadora de proteção das culturas, associando fertilizantes a soluções de biocontrole, tendo como consequência um itinerário técnico mais simplificado: menor pegada ambiental e ecológica, redução das unidades de produtos fitossanitários, menos passagem de máquinas e redução do consumo energético.

Para este projeto, o CMI ROULLIER se associou à ID3PT/FN3PT (estrutura de Pesquisa e Desenvolvimento do Comité Nord de la Pomme de Terre — Comitê Norte da Batata Inglesa), o ITB (Instituto Técnico da Beterraba) associado ao polo “Resistência e Adaptação” do IGEPP no INRA de Rennes, bem como ao Laboratório de Glicobiologia e Matriz Extracelular Vegetal (GlycoMEV) da Universidade de Rouen.

Estes organismos avaliam o efeito inibidor de diferentes extratos vegetais marinhos e terrestres no desenvolvimento dos nematoides e nas suas capacidades em parasitar as raízes. Além do estudo dos mecanismos de ação envolvidos nestas interações, serão levadas a cabo experimentações em condições controladas e em campo a fim de avaliar a eficácia destes bioativos E a contribuição destas novas soluções integradas nos corretivos ou fertilizantes levará em conta itinerários técnicos específicos dos diferentes ramos.

O projeto BIODERA se beneficia de um financiamento de 2,4 milhões de euros (Programa Investimentos no Futuro) e insere-se totalmente nos objetivos do plano nacional ECOPHYTO II de redução em 50% da utilização de pesticidas até 2025. Ele teve início oficialmente em 16 de janeiro de 2017, para uma duração de 4 anos.

No dia 30 de janeiro passado, a meio caminho do termo do projeto, recebemos os nossos diversos parceiros, que se mostraram muito impressionados pela capacidade dos nossos meios e pelos resultados promissores apresentados por Eric N’Guéma, responsável pelo Biocontrole do P&D do CMI e encarregado deste grande projeto.

Compartilhar o artigo : TWEETER LINKEDIN FACEBOOK GOOGLE +

Groupe Roullier 60 ans d'expertise

"E a história continua a ser escrita
com você"

Descubra o Grupo